Nascida e criada em Portugal. Já morei na Polónia, no Brasil, na República Checa e agora é a Suécia que me acolhe.
O meu blogue, tal como o meu cérebro, é uma mistura de línguas. Bem vindos!

Born and raised Portuguese. I have lived in Poland, Brazil, Czech Republic and now I'm in the beautiful Sweden.
My blog, just like my brain, is a blend of languages. Welcome!

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Ghost Zé is back

Since university that I have Zé, the ghost, as my companion. It all started with a door that opened and closed alone in my rented room. I didn't believe in ghosts (I still don't), but just in case I decided to be friendly, naming and talking with Zé sometimes. Since then, every time something strange happens I simply say out loud "Zé, stop it!". In Brazil and in Poland he was quite active, turning off lights and opening wardrobe doors, while in Prague he was more quiet. The fact that Zé's activities increase with the age of the flats I have lived in is irrelevant for this post. I hadn't seen Zé for a while and I had actually forgotten about him until last week.  

1. Two girls in my class started talking about ghosts. One was a believer and had crazy stories of sights and strange sounds. That reminded me of Zé. I also got to learn related vocabulary in Swedish. Always useful.

2. The day after, me and Johan were at home using our laptop, when out of nothing it started to emit a really loud sound like a fire alarm. Yes, the laptop. I had no idea computers could make that sound!! Specially that loud, when the sound in that computer is actually crap and we can never hear anything in it even when it's set to maximum. We had to put it under a pillow, so the neighbours wouldn't panic, while trying to turn it off. Yes, I'm talking about a computer.

3. The day after that, I could swear I had boiled water. However, I found myself in the kitchen trying to make tea by pouring cold water from the kettle. 

I'm quite sure Zé is back. It's ok, we have missed him. 
Welcome to Sweden Zé!



Desde a universidade que tenho o Zé, fantasma de estimação, como meu companheiro. Tudo começou com uma porta que abria e fechava sozinha no meu quarto alugado. Eu não acreditava em fantasmas (ainda não acredito), mas para o caso de existirem decidi ser amigável, dei-lhe um nome e conversava com ele às vezes. Desde então, sempre que algo estranho acontece simplesmente digo em voz alta "Zé, pára quieto!". No Brasil e na Polónia ele era muito activo. Desligava as luzes e abria as portas do guarda-roupa. Em Praga era mais quieto mas ainda aprontava das suas. O facto de a quantidade de actividades do Zé aumentar com a idade dos apartamentos em que vivi é irrelevante para este post. há que tempos que não via o Zé e acho que até já me tinha esquecido dele até há semana passada.

1. Duas colegas da minha turma começaram a falar sobre fantasmas. Um era crente e contou histórias loucas de avistamentos e sons estranhos. Isso lembrou-me do Zé. Além disso aprendi vocabulário relacionado em sueco. Sempre útil.

2. No dia seguinte eu e Johan estávamos em casa com o nosso laptop, quando do nada começou a emitir um som muito alto, como o de um alarme de incêndio. Sim, o laptop!. Não fazia idéia que os computadores poderiam fazer tal som!! Especialmente super alto numa chinfrineira desenfreada, quando o som naquele computador é uma real porcaria que nunca nos permite ouvir nada, nem quando o som está no máximo. Tivemos que o pôr debaixo de uma almofada do sofá, para que os vizinhos não entrassem em pânico, enquanto tentávamos desligá-lo. Sim, ainda estou a falar de um computador.

3. No dia seguinte, eu podia jurar que tinha fervido água. No entanto dei por mim na cozinha a tentar fazer chá despejando água fria da chaleira eléctrica. 

Tenho a certeza de que o Zé está de volta. Mas tudo bem, nós sentimos falta dele.
Bem-vindo à Suécia Zé!

6 comentários:

  1. Funny story Sara, you certainly have a friendly ghost!

    ResponderEliminar
  2. Oh wow! That's kind of spooky. Maybe Ze came to visit for Halloween.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yes, it's a big coincidence that he showed up again now. I think he liked it here and decided to stay ;)

      Eliminar

Adorava saber das vossas voltas. Escrevam!
I would love to hear more about you. Feel free to comment!